A importância da dedetização em restaurantes

Atualizado: 5 de Set de 2018

Muitos restaurantes são interditados pela vigilância sanitária por falta de higiene e dedetização, exigência obrigatória para o funcionamento.


Em muitos dos casos, são encontrados fezes de ratos, baratos, larvas ou alimentos vencidos. Nestes casos os restaurantes são fechados, além de sofrerem multas. A dedetização é imprescindível para um restaurante não só por causa da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas também para manter a saúde dos funcionários e clientes longe de doenças transmitidas por pragas urbanas.


Para evitar o aparecimento destes bichos indesejáveis, é muito importante realizar a dedetização e a desratização regularmente, pois só assim o estabelecimento estará imune. Este é um processo contínuo, já que o local proporciona condições perfeitas para a atração e proliferação rápida destes animais, como restos de comida e lixo.

Baratas, formigas e ratos são transmissores de doenças que podem contaminar a comida com microbactérias que causam sérios problemas gastrointestinais.

Além da dedetização periódica, alguns cuidados devem ser feitos para evitar o surgimento dos insetos e dos ratos como o descarte do lixo em curto período, a vistoria da validade e qualidade dos alimentos fechados e abertos, descarte de embalagens, limpeza da caixa de gordura e limpeza diária do restaurante, principalmente da cozinha e seus utensílios são alguns pontos que ajudam na manutenção de um local livre de transmissores.