Doenças causadas por pragas urbanas

As pragas urbanas tem alta resistência e se adaptam sobre os mais diversos ambientes. As cidades tornaram-se ambientes perfeitos para o habitat de diversas espécies, pois oferece condições perfeitas para elas como a umidade, comida, calor e terrenos baldios. A maioria das espécies de reproduzem durante o inverno e se proliferam no verão.


Mas o problema não é apenas um aborrecimento ocasional, mas sim uma questão de saúde pública. Diversas doenças, inclusive algumas que podem levar a morte, são disseminadas por esses bichos que não são bem vindos a nossa casa, como mosquitos, baratas, lacraias e ratos. Listamos os tipos mais comuns de pragas encontradas em ambientes urbanos e as doenças transmitidas por elas.



O controle de pragas não é só questão de conforto, mas também de saúde pública.





Baratas

Habitam lugares sujos como esgoto e transmitem doenças como lepra, amebíase e hepatite.


Formiga

Apesar de inofensivas, as formigas transportam bactérias, germes ou parasitas a nossos alimentos.


Mosquito

Além da coceira e irritação a picada do mosquito pode transmitir doenças graves como dengue, febre amarela, malária e a leishmaniose são apenas alguns exemplos.


Pombos

Suas fezes contém fungos e bactérias que transmitem a criptococose, doença que compromete o pulmão e pode afetar o sistema nervoso central.


Ratos

São transmissores de graves doenças como a peste, a sarna, a leptospirose e diversas outras doenças


Dica:

Esses animais representam um verdadeiro perigo a sua saúde e devem ser evitado. Faça a dedetização e desratização regularmente em sua residência, comércio ou empresa, eliminando assim estes problemas.



Fonte: Brasil Escola